Na corda bamba com a crise

Neste mês de setembro, o Circo de Ouro Preto, da OCA, Organização Cultural Ambiental, vai lançar uma campanha com objetivo de minimizar os impactos da tão falada crise que assola o País, e atinge, em cheio, as melhores atitudes voltadas para o bem estar de uma parcela menos privilegiada da população.

A campanha visa, primordialmente, sensibilizar o poder público para a importância de se estabelecer, urgente, um convênio que garanta a manutenção deste trabalho social, que atende hoje cento e quarenta crianças e jovens ouro-pretanos no período do contra turno escolar, e tem seus benefícios estendidos às famílias e comunidades.

corda bamba

Apesar da maior parte do público atendido ser encaminhado pelo próprio Município, vale ressaltar que, em toda a trajetória do projeto, desde a sua fundação em 2009, esta parceria nunca foi oficializada.

Uma reunião com empresários e autoridades locais será realizada na Câmara Municipal de Ouro Preto, para esclarecimentos sobre as ações e os resultados alcançados. A partir deste encontro, espera-se que sejam decididas estratégias que definam e garantam a continuidade do Circo, que tem passado por sérias dificuldades.

11951358_891742660862173_5331382798455381830_n

Mesmo na corda bamba, a turminha do Circo está confiante, e resolveu apostar também no lançamento de uma nova identidade visual, que deverá contribuir com a missão de fazer com que os valores dos trabalhos da OCA recebam ainda mais visibilidade. A nova marca apresenta o nome ‘Circo da Gente’, foi inspirada nos traços das próprias crianças, e desenvolvida em oficinas conduzidas pelos profissionais da Associação Imagem Comunitária, AIC, entidade especializada no fortalecimento de iniciativas comunitárias a partir da comunicação.

E, finalmente, na terça-feira, dia 29, os participantes do ‘Circo da Gente’ farão uso do espaço Tribuna Livre da Câmara Municipal, para relatar à população detalhes sobre os obstáculos enfrentados e as conquistas obtidas durante a campanha, divulgando principalmente o histórico deste valoroso projeto, diversas vezes premiado e reconhecido como umas das cinco experiências mais significativas do Brasil em arte-educação e cidadania.

unnamed (1)

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Na corda bamba com a crise

  1. Bernadete

    Excelente iniciativa, resgatar o circo da nossa cidade, nossas crianças estão carentes de atividades lúdicas e que estimulam a criatividade.
    E também poderia voltar a acontecer as oficinas de trapézio e arte
    circense. udo de bom!

  2. claire

    Yes! Oui ! en plus d’être un cirque dont les artistes sont des enfants et des jeunes de familles pauvres, les numéros présentés sont excellents;
    preuve qu’il est possible de partir de presque rien, et d’obtenir des résultats extraordinaires.
    c’est aussi le cas d’un orchestre argentin, je crois, du même crû.
    Une pierre précieuse de plus pour Ouro Preto !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s